Serviços

01 . Impressão digital

A impressão digital surgiu no início da década de 90. Com a digitalização do processo de pré-impressão surgiu a possibilidade de produção dentro da rede, integrando todas as fases da cadeia gráfica.

Podemos desta forma afirmar que a definição de "impressão digital" é um método de impressão no qual a imagem é gerada partir da entrada de dados digitais direto do computador para uma impressora.
O conceito de Impressão Digital é amplo tem-se vindo a modificar ao longo do tempo. Podemos afirmar em sentido amplo que o conceito de impressão digital é o de um equipamento que grava sobre papel, ou outro suporte, as informações recebidas de um computador na forma de dados digitais sem que haja necessidade de gravar qualquer tipo de matriz para transferência dessas informações.

Ao vinil impresso poderá ser posteriormente aplicada uma pelicula protetora (laminação). É o tipo de vinil usado para artigos com uma gama de cores mais complexa. Este vinil impresso pode ser no seu verso, branco, cinza, claro ou transparente.

02 . Acabamentos

Por acabamento entenda-se todas as técnicas de operação sobre uma base para produção de um produto final requerido. As técnicas de acabamento são várias: laminação, encapsulação, vulcanização, fixação de ilhozes, e costura.

Laminação

O processo de laminação consiste na aplicação de um método de união de dois ou mais suportes (papel, cartão, folhas metalizadas e filmes plásticos). A sua finalidade é aumentar a espessura e a rigidez, e proporcionar proteção e embelezamento ao produto.

Diferença entre Plastificação e Laminação

A diferença entre a plastificação e a laminação é o fato da plastificação ser aplicada utilizando apenas calor e pressão, enquanto a laminação emprega adesivos, além do calor e pressão.
Existem (3) três sistemas de laminação: a frio, aquecida, e laminação a quente.
O que determina os diferentes sistemas de laminação são os desenvolvimentos dos adesivos e a tecnologia nos equipamentos de laminação. A meta é aperfeiçoar a tecnologia de aplicação da laminação, diminuir custos, aumentar a velocidade de operação e respeitar as exigências ecológicas, elevando a competitividade da indústria do enobrecimento.

Os adesivos deverão ser especificados de acordo com o uso. Há três tipos de adesivos: com solvente, à base de água e sem solvente. A tendência é a utilização de equipamentos que laminem com adesivos sem solvente, uma vez que, além de cumprir as exi­gên­cias am­bien­tais, é uma alternativa técnica economicamente atrativa por apresentar menor investimento na compra de equipamentos novos.

Abaixo, explicamos os (3) três diferentes processos de laminação:

a) Laminação a frio (sensível à pressão)
Os equipamentos de laminação a frio são os mais baratos. A laminação a frio oferece vá­rias opções de filmes: polipropileno, po­liés­ter, policarbonato ou vinil, podendo ser do tipo permanente com alta ou bai­xa adesão, re­po­si­cio­ná­veis, com ou sem proteção UV. É quase que exclusivamente um processo de laminação frontal.

b) Laminação aquecida
Laminação de filmes sen­sí­veis à pressão, em que o adesivo utilizado precisa de um pou­co de calor para ser ativado. As temperaturas usadas são significativamente menores do que as necessárias na laminação a quente. O recurso do calor oferece mais rapidez no período de ajustes do que a laminação a frio.

c) Laminação a quente
Os equipamentos para laminação a quente são os mais caros. Laminações a quente são essenciais para uma verdadeira encapsulação, pois há uma fixação forte entre os materiais e o impresso pode ser manuseado após o processamento. O ponto fundamental para se ter bons resultados com a laminação está na compreensão de como as variáveis do processo (tempo, temperatura, pressão e tensão) interagem com os ma­te­riais.

Acabamento de telas alta frequência

Por convenção internacional, a expressão "alta frequência" corresponde à faixa de frequências entre 3MHz e 30MHz.
Vimos acima que existem várias técnicas de acabamento, desde o cortante especial à laminação e encapsulação ou à vulcanização de telas e colocação de ilhoses, são várias as técnicas e ferramentas para realização de trabalhos de acabamentos em altas de alta frequência.
Um dos processos mais importantes de acabamento em lona ou telas PVC é de facto a vulcanização. Vulcanizar é o ato de realizar a vulcanização, a qual é a reação química, em geral catalisada pelo calor, que permite a passagem de um composto de borracha, do estado plástico (borracha crua) para o estado elástico (borracha vulcanizada).

Acabamento têxtil

São várias técnicas de acabamento em base têxtil, nomeadamente:

  • Tosquia (ou navalhagem) de pontas soltas de fibras salientes.
  • Chamuscagem (gaseamento) de pontas soltas de fibras salientes, através de:
    • chama
    • placas aquecidas
  • Pré-fixação para modificação de dimensões (Alongamento/encolhimento)
  • Tingimento ou Coloração de tecidos
  • Desengomagem para eliminação de rigidez
  • Lixiviação (ou caustificação) para aumento da capacidade de absorção de colorantes
  • Costura de múltiplos tecidos e outras aplicações em têxtil
  • Lavagem /Limpeza a húmido e a seco
  • Impermeabilização
  • Entre outros

03 . Vinil de Corte

O Vinil de Corte em cor única ou multicor, poderá ser utilizado para aplicação multifacial e em diferentes superfícies, tais como, paredes, móveis, viaturas, montras e/ou em sinalética, este último, através de contracolagem em materiais rígidos, para sinalética em edifícios. Recortamos, as mais conhecidas marcas de Vinil de Cor, nomeadamente, ORACAL e 3M. Nas opções mate ou brilho, temos ao seu dispor diferentes cores, e tons metalizados, translúcidos, fluorescentes e refletor. Todas as cores podem sempre ser confirmadas com valores Pantone, com impressão, e correspondente CMYK, para que possamos garantir a tonalidade pretendida.

04 . CNC

Na década de 1940 foi desenvolvido o NC (Controle Numérico) que evoluiu posteriormente para o CNC. CNC são as iniciais de Computer Numeric Control ou em Português Controle Numérico Computadorizado.

Trata-se de um controlador numérico que permite o controlo de máquinas de vários eixos, através de uma lista de movimentos escrita num código específico (código G). A utilização de CNC permite a produção de peças complexas com grande precisão, especialmente quando associado a programas de CAD/CAM.

Com o advento da informática e a criação dos motores de passo (motores elétricos aonde é possível controlar a rotação, o sentido de rotação, a quantidade de giro em graus do eixo do motor, etc.) e a consequente automatização de diversos equipamentos surgiram as máquinas CNC (Controle Numérico Computadorizado) equipamentos que são dirigidos por um controlo que se utiliza de números em forma de coordenadas (normalmente nos eixos x, y e z ) e geridos através de um terminal informático.

A Fresadora CNC é uma máquina equipada com fresas (ferramentas de corte parecidas com brocas de furadeiras) que através do movimento rotativo dessas e de seu deslocamento em um determinado plano é utilizada para cortar, desbastar, entalhar ou perfurar diversos tipos de materiais.

A sequência normal de trabalho com estes equipamentos é a geração de um modelo em computador que a seguir é transformado através de um aplicativo em coordenadas que chamamos de código G e com este é possível através de um programa em computador ligado à fresadora, fazer com que este computador mova a fresa, que está em rotação, através do material que queremos trabalhar, desbastando, cortando, etc., seguindo as coordenadas que o computador lhe enviar.

05 . Aluguer de Equipamentos

O serviço de aluguer de equipamentos destina-se à dotação, temporária, de meios técnicos, de suporte à organização e gestão de eventos.

A KONTRAPRODUÇÕES cede equipamentos adstritos à realização de eventos para feiras profissionais de exposição, seminários, conferências, eventos musicais, artísticos e desportivos. A cedência temporária de meios físicos, estão adstritos às necessidades das entidades organizadoras de montagem de stands, de palcos, bancadas, áreas VIP, fixação indoor e outdoor de superfícies de exibição publicitária (luminosa e não luminosa) e de sinalética informativa e direcional.

06 . Sistemas de exposição

Complementarmente à conceção gráfica, possuímos um amplo catálogo de propostas de sistemas de exposição. Concebemos a parte criativa, fazemos o tratamento de pré-impressão, realizamos a aplicação/montagem e apresentamos um projeto taylor made à medida como produto integral (estrutura física + imagem).

Primariamente idealizados para publicitar, estes sistemas cumprem ou outras formas de comunicação (informativa, comercial, etc.). Os variados sistemas de exposição podem ser utilizados na empresa e/ou outros locais, e/ou em eventos. Abaixo algumas propostas de sistemas de exposição:

  • Expositor retráctil em alumínio e de altura ajustável
  • Suporte de dupla ou tripla face em plástico e alumínio.
  • Expositor de dupla face fabricado em aço e plástico cuja imagem é fixada por um sistema de tensores
  • Bandeirola para exterior para duas imagens promocionais. Fabricado em alumínio e com base de plástico
  • Painel por módulos para apresentações. Composto por 8 peças de 600x900mm, as quais unidas atingem uma medida de 2400x1800mm
  • Pop-up promocional recto ou curvo para imagens, estrutura em alumínio, mala rígida, rolo de íman, tiras de suspensão/barras magnéticas, pés e 2 focos de iluminação. 1 ou 2 faces
  • Painel promocional de estrutura em S, dupla face. Fabricado em alumínio de tubo quadrado. De grande resistência e durabilidade.
  • Balcão promocional para posto de venda, com 3 prateleiras e totalmente desmontável.

07 . Design gráfico e industrial

O design gráfico, trata-se de uma forma de comunicação visual de um conceito, uma ideia, através da expressão de técnicas formais. Poderá ainda considerar-se como um meio de estruturar e dar forma à comunicação impressa, em que, no geral, se trabalha o relacionamento entre ‘imagem' e texto.

No século 21, a participação do design gráfico expandiu para os meios digitais, sendo utilizado na criação de sites, portais eletrónicos, desenvolvimento de software e diversas outras áreas relacionadas com o Design Digital. Porém as aplicações mais comuns traduzem-se no desenvolvimento de:

  • Identidade corporativa (Branding);
  • Design de embalagem (ou Packaging Design);
  • Design editorial;
  • Design Digital;
  • Web Design;
  • Design de Interação;
  • Design de Games;
  • Sinalética (ou Sinalização);
  • Tipografia;

08 . Aplicação de Vinil

O vinil decorativo é feito de um material autocolante que pode ser aplicado em qualquer superfície lisa, permitindo criar e decorar um objeto e/ou espaço, à sua imagem, como uma parede de uma casa, uma viatura automóvel, e/ou qualquer outro objeto em exposição (montras, mobiliário, eletrodomésticos, gadgets, etc.).

A aplicação de vinil possui desta forma, um potencial intrínseco, decorativo, regenerativo de materiais e de exibição publicitária.

De fácil aplicação e remoção, o vinil decorativo é uma excelente alternativa ao papel de parede e a tintas, sendo também, uma das formas mais económicas de decorar a sua casa em apenas poucos minutos!

09 . Produção para eventos

Na KONTRAPRODUÇÕES fazemos a produção e gestão de eventos em todas as etapas do processo: pré-produção, produção e pós-produção:

Pré-Produção:

  • Constituição das equipas
  • Definição das datas e locais
  • Análise das necessidades de produção (contratos a celebrar, autorizações de imagem, a arrecadação referente aos direitos autorais, a divulgação mais adequada para o evento e os custos para que ele vire realidade).
  • Cronograma de atividades
  • Formação de profissionais ,simulações e role-playing

As atividades de pré-produção comportam ainda entre outras, as seguintes atividades:

  • Elaboração do projeto de evento
  • Branding e desenvolvimento da imagem
  • Arquitetura 3D do espaço;
  • Captação de recursos diversos;
  • Gestão dos Sponsors
  • Gestão das autorizações e licenciamentos públicos
  • Media e Gestão da Comunicação (above and bellow the line)
  • Procurement e seleção de fornecedores, parceiros e outros profissionais
  • Desenvolvimento de Sistema de Gestão da Bilhética
  • Desenvolvimento do Plano de Marketing e Divulgação;
  • Montagem de espaços e estruturas para a realização, e de suporte ao evento
  • Dotação da segurança
  • Preparação dos meios sanitários e de higienização
  • entre outros

Produção:

  • Verificação no início e (e no decorrer do evento) dos itens tratados em pré-produção
  • Conferência do evento (nomeadamente do serviços prestados pelos empresas subcontratadas), e acompanhamento da atuação operacional dos profissionais
  • Garantir a existência e prontidão de meios de recurso e emergência

Pós-produção:

  • Desmontagem do local
  • Acompanhar as atividades de finalização do evento das empresas subcontratadas e dos seus profissionais
  • Verificação final dos trabalhos antes da dispensa de fornecedores e dos seus profissionais
  • Gestão Operacional
  • Selecionar os melhores profissionais para trabalhar em seus evento

10 . Montagem especializadas

A produção de lonas impressas de grandes formatos é realizada para diferentes finalidades e locus de exposição, e com vários tamanhos (de x a xpto).

Utilizamos como suportes de impressão, lona opaca, lona perfurada, lona backlit, lona blockout, papel poster, papel autocolante, papel fotográfico, canvas, backlit

11 . Reclamos Luminosos

Os reclamos luminosos são ferramentas de promoção outdoor e indoor, especialmente em horário noturnos, comummente utilizados para a promoção de marcas e produtos.

Os Reclamos Luminosos são equipados como uma unidade completa elétrica e com iluminação interna pré-instalada. A estrutura do Reclamo consiste numa armação em alumínio com algumas partes em ferro para melhor sustentamento do mesmo quando fixado. A frente do reclamo pode ser em acrílico, policarbonato, ou Panaflex (tela).

Resistentes e duráveis os reclamos exteriores têm resistência aos raios UV ou mesmo a atos de vandalismo.

A KONTRAPRODUÇÕES dispõe de sistemas com a seguinte tipologia:

  • Reclamos tipo pala, ideais para proteção de chuvas e ensombramento
  • Reclamos em tela, podendo chegar aos 25mt sem emendas (tipo millennium)
  • Reclamos em acrílico, são os mais convencionais
  • Bandeirolas luminosas visibilidade em dupla face ou mono face
  • Reclamos com projetores, solução para iluminação de grandes distâncias
  • Reclamos tridimensionais, com iluminação interior em Led, normal ou RGB

12 . Sinalética

A sinalética tem por objetivo, dotar os seus utilizadores com sinais visuais, para a sua orientação e identificação espacial.

Desenvolvemos projetos de sinalética e aplicação nas seguintes áreas:

  • Identificativa
  • Direcional
  • Trânsito
  • Vertical
  • Horizontal
  • Digital
  • Tátil
  • Etc.

13 . Decoração de Viaturas/Frotas

A decoração de viaturas trata-se de um processo minucioso que utiliza materiais de elevada resistência, flexibilidade para aplicação em superfícies irregulares, capazes de suportar o desgaste, erosão de climas mais rigorosos.

Tipos de decoração de Viaturas/frotas:

  • Total
  • Parcial

Locais de decoração de viaturas/frotas:

  • Nas nossas instalações
  • Nas instalações da empresa Cliente
  • E/ou em terceiros locais que reuniam condições de realização dos trabalhos de aplicação

14 . Stands

A KONTRAPRODUÇÕES idealiza, concebe e projeta em 3D, recintos reservados à participação em vários tipos de eventos, bem como, realiza a montagem das estruturas para os stands, realiza a impressão digital de toda a imagem decorativa e publicitária do stand, bem, como, de quaisquer materiais de suporte à promoção do expositor e/ou dos produtos/serviços por si representados.